Professores paulistas tem dinheiro para receber.

Artigo de Flávio Romeu Picinini

Os professores do Estado de São Paulo filiados à APEOESP têm direito de receber diferenças salariais sobre o valor dos quinquênios.

A justiça determinou que a verba deve ser calculada sobre os vencimentos integrais e não apenas sobre o salário base como o Estado paga.

Assim, os professores que se filiaram a APEOESP à partir de 11 de agosto de 2005 e que recebem quinquênio desde o ano de 2000 têm direito ao recálculo da verba salarial e ainda irá receber os valores atrasados.

Mas para incorporar (apostilar) os valores no contracheque e receber os atrasados é necessário que o professor ingresse com uma Ação de Cumprimento de Sentença do Processo Nº 0017872-93.2005.8.26.0053 que foi julgado procedente, sem direito à recurso.

COMO SABER SE TENHO DIREITO AO RECÁLCULO DO QUINQUÊNIO?

Nosso escritório realiza esta pesquisa para você. Preencha o formulário de consulta disponível no link da bio e entraremos em contato com o resultado.

DÚVIDAS?

Caso tenha dúvidas sobre o assunto, contate-nos. Teremos o maior prazer em esclarecer.

content black math teacher talking to diverse pupils
Photo by Katerina Holmes on Pexels.com

SE VOCÊ TIVER ALGUMA DÚVIDA RELACIONADO A ESSE ASSUNTO, NÃO DEIXE DE AGENDAR UMA CONSULTA CLICANDO NO BOTÃO ABAIXO

Fique por dentro

Explore por mais artigos

O caso do casal Diego e Angélica.

Mais uma semana de trabalho em ritmo intenso, e estou agradecido pela oportunidade que tive de prosseguir com a missão de esclarecer pessoas. Sexta-feira conheci

INSS: Como funciona o salário-maternidade?

O salário-maternidade é um benefício essencial para trabalhadoras, tendo em vista que permite o afastamento remunerado do trabalho para se dedicar aos filhos nos primeiros meses. Porém, muitos segurados ficam com dúvidas sobre como ele funciona, quem tem direito e como requerer.

Shape
Enviar Mensagem
Estamos On-line!
%d blogueiros gostam disto: